pesquisa e divulgação de formação em massagem e trabalho corporal na gravidez, parto e puerpério, para profissionais que buscam o acompanhamento integrado e holístico.

O Toque Acolhedor

A pele é nosso maior órgão de sentidos e está intimamente relacionada à nossa saúde. A superfície da pele é composta de milhares de receptores nervosos, que transmitem impulsos e sensações, que absorvemos por eles para todo o corpo e a mente. Ser tocado de forma terapêutica ou amorosa libera substâncias químicas de efeitos relaxantes e curativos, enquanto ser massageado com afeto pode ser sempre uma boa experiência, a massagem é um trabalho muito completo, que além de tocar a pele atua noutros tantos sistemas e níveis emocionais.
Quando massageados, tocados e acariciados desta forma durante a gravidez o nosso nível de stress diminui, a circulação melhora e as moléculas naturais do prazer são realçadas, viajando através da corrente sanguínea da mãe e do bebê, contribuindo com o cuidado pré- natal saudável e apresentando inúmeros benefícios.
Devido à condição “maleável” da gravidez, alterada por hormônios e conteúdos subjetivos da gestação, a mulher nesta etapa torna-se também mais sujeita a plasticidade do sistema nervoso, fisiologicamente mais endurecido nos adultos e portanto mais receptiva aos benefícios.
Especialmente durante a gravidez, a massagem ajuda na manutenção do corpo e fortalece o sistema imunológico. Ao trazer estímulos de conforto e prazer em mulheres grávidas, ampliamos ainda a possibilidade deste estímulo ser reproduzido pela mãe quando nascer a criança.
Mulheres grávidas que recebem massagem também dormem melhor, sofrem menos ansiedade e depressão e apresentam menos complicações no trabalho de parto.
O toque acolhedor, princípio básico da Massagem Thai Yoga, tem a função de acalentar, como um colo maternal, paternal e fraterno, afastando o medo e a insegurança e dimensionando o corpo massageado ao seu potencial de força, beleza, equilíbrio e saúde. O toque meditativo, consciente e harmonioso, promove uma vivência de intimidade, de profundidade e fusão, 
e provavelmente daí venha a sua associação à sexualidade, aos preliminares de uma relação sexual… 

Tocar é a própria experiência do sagrado, que somente manifesta-se através da vivência individual e do momento presente. 

Por Marjorie Sá para Massagem na Gravidez - Imagem de Maria José Jacinto





Nenhum comentário:

Postar um comentário